• leandroaalmeida

Educação Infantil em Maragogipe-BA e as Histórias que esqueceram de nos contar

Atualizado: 29 de ago. de 2021

Título: Educação Infantil em Maragogipe-BA e as Histórias que esqueceram de nos contar: Contação de História como Mecanismo de Construção da Identidade Etnicorracial


Aluno: Rogério Santos Souza







Ano da Defesa: 2015

Orientador: Leandro Antonio de Almeida


RESUMO: O presente trabalho busca avaliar a eficácia da técnica de Contação de História na construção da identidade etnicorracial de crianças de 4 e 5 anos, alunos da Escola Municipalizada Juvenil de Oliveira, em Maragogipe-BA. Este estudo é resultado da avaliação do Projeto de Intervenção desenvolvido na referida escola no ano de 2014. Enquanto professor desta Unidade Escolar, presenciando cotidianamente comportamentos discriminatórios quanto à diferença étnica entre algumas crianças, percebi, então, a necessidade de estudar aquela realidade e buscar caminhos para minimizar a existência de tais comportamentos, inadequados, principalmente para crianças com tão pouca idade. Temos como objetivo geral deste estudo perceber a eficácia da Contação de História como mecanismo para a construção de identidades de crianças de 4 e 5 anos no universo da educação infantil e se esta ferramenta suaviza a discriminação etnicorracial nas turmas de Pré I e Pré II da Escola Municipalizada Juvenil de Oliveira. Foram utilizados como caminho metodológico: a revisão bibliográfica a partir de diferentes estudiosos que se debruçam sobre a temática da educação, técnica de contação de história, identidade e relações etnicorraciais; análise das representações artísticas realizadas pelos alunos antes e depois da intervenção; análise dos questionários respondidos pelas professoras avaliando o projeto de intervenção em suas turmas e, principalmente, em relação ao comportamento dos alunos (antes e depois da prática em sala) e avaliação dos resultados do projeto de intervenção. As fontes utilizadas nesta pesquisa foram as representações artísticas, onde cada aluno se autorrepresentou, em pintura a giz de cera antes e depois da execução do projeto; os questionários com avaliação das docentes em relação à atividade realizada; o relato de uma mãe que percebeu mudança de comportamento de sua filha no decorrer da execução do projeto; bem como os estudos que nos auxiliaram no entendimento da temática.


Palavras-chaves: Educação Infantil; Lei 10.639/03; Ensino de História; Contação de História.



TCC-2015-05-Rogerio
.
Download • 929KB

6 visualizações0 comentário