top of page

A produção de materiais didáticos sobre charuteiras do Recôncavo no PIBID-UFRB de História

Atualizado: 18 de out. de 2023

A produção de materiais didáticos sobre charuteiras do Recôncavo no Subprojeto História do PIBID-UFRB


Autor: Leandro Antonio de Almeida


Evento: Anais do VII Encontro Estadual de Ensino de História da ANPUH-BA

Ano: 2023




Resumo: O objetivo dessa comunicação é abordar a mobilização de saberes docentes através da produção de materiais didáticos, no contexto do subprojeto História do PIBID na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

A edição 2020-2022 transcorreu quase toda durante a vigência da pandemia de COVID-19, o que impossibilitou a ação presencial de bolsistas nas escolas-núcleo em 2020 e 2021. Como a presença em campo é um dos principais aspectos da formação, contornar essa restrição exigiu a realização de atividades remotas, como participação em consultas públicas sobre currículos municipais, diagnósticos da escola a partir de documentos e depoimentos, produção de materiais didáticos e intervenções em salas online com estudantes da educação básica, os quais nem sempre com acesso à internet.

Vamos abordar essa atividade do PIBID tomando como fio condutor a produção de materiais didáticos de História. Pretendíamos que o tema norteador emergisse do diagnóstico, mas diante das dificuldades escolhemos um tema ainda hoje presente, aquele que gira em torno do fumo, especificamente do trabalho das charuteiras. Esse é um importante produto de exportação do Recôncavo desde os tempos coloniais, quando era moeda de troca por escravizados. Entre fins do século XIX e do XX viu emergir fábricas de Charutos que se tornaram famosas nacional e mundialmente, pela exportação desse produto. Em atividade fabril embora manual, a mão-de-obra era quase toda composta por mulheres negras.

Os materiais didáticos produzidos pelos e pelas bolsistas se dedicaram a narrar o contexto de uma das mais importantes fábricas, a Suerdieck, e das questões que envolviam o trabalho das charuteiras em algumas de suas filiais. Para isso, partiram da bibliografia, colheram fontes em jornais, processos e inclusive depoimentos de charuteiras. Depois realizaram intervenções com os materiais nos núcleos do PIBID, os quais fornecerem elementos para reformulação, feita também após leitura crítica do coordenador e da supervisão. Como resultado, foram produzidos seis materiais: três títulos em vídeo, um podcast, uma revista e um jogo Quiz. Na comunicação pretendemos aprofundar esse processo de produção, como contribuiu para a constituição de saberes docentes dos futuros professores em História, no contexto que a presença corporal na escola estava vedada.




29 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น

ไม่สามารถโหลดความคิดเห็น
ดูเหมือนจะมีปัญหาทางเทคนิคบางอย่าง ลองเชื่อมต่ออีกครั้งหรือรีเฟรชหน้าเพจ
bottom of page